Já surge a luz dourada

Já surge a luz dourada,
a treva dissipando,
que as almas do abismo
aos poucos vai levando.
 
Dissipa-se a cegueira
que a todos envolvia;
alegres caminhemos
na luz de um novo dia.
 
Que a luz nos traga paz,
pureza ao coração:
longe a palavra falsa,
o pensamento vão.
 
Decorra calmo o dia:
a mão, a língua, o olhar.
Não deixe nosso corpo
na culpa se manchar.
 
Do alto, nossos atos
Deus vê, constantemente;
solícito nos segue
da aurora ao sol poente.
 
A glória seja ao Pai,
ao Filho seu também;
ao Espírito igualmente,
agora e sempre. Amém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s